cinema

“ERA O HOTEL CAMBRIDGE” aborda a questão dos refugiados/imigrantes em conexão com a luta de trabalhadores sem-teto que disputam
uma moradia digna nas cidades do mundo inteiro. O filme é um hibrido de ficção e documental onde participam atores e personagens reais
de uma ocupação no centro de São Paulo. O convívio entre línguas, mundos e culturas diferentes transforma a narrativa em uma rica
polifonia de situações tragicômicas.

Para adaptar os espaços do edifício para os cenários da ficção a diretora de arte convidou alunos e professores de arquitetura da
Escola da Cidade para realizar o projeto. Uma equipe de 21 alunos do 2º, 3º e 4º anos da Escola da Cidade, sob a orientação dos
professores Carla Caffé e Luís Felipe Abbud, assinam a direção de arte do filme como conteúdo do 2 semestre letivo da escola em 2014.
Essa experiência possibilitou a não só a extensão da educação para fora de seus padrões tradicionais de ensino como também ampliou
o diálogo entre arquitetura e cinema.

A parceria das irmãs Caffé _Eliane, cineasta e Carla, diretora de arte e professora da Escola da Cidade_ tem sido fundamental para
assegurar as ferramentas necessárias para esse modo de proceder com a criação coletiva. Atualmente, ambas estão completamente voltadas
para consolidar a prática de pensar e produzir um cinema “polifônico”, “dialógico” e que se estenda muito além dos sets de gravações.

Storyboard desenvolvido pelos alunos