cenografia

cenografia

Projeto expográfico e identidade visual da exposição permanente Hoje tem Espetáculo! e da expansão
do Centro de Memória do Circo na Galeria Olido, em São Paulo.
Os displays das maquetes, através dos barrados,  oferecem uma leitura contínua que contam a estória do circo.

display para o acervo do figurino

caixa silk: o fáquir que deitava em cama de pregos confinado em um barraco

sobreloja

o display da maquete é um imenso navio com cobertura de tecido tracionado confeccionado
de acordo com a  tradição da estrutura e costura das lonas de circo

Para criar um clima lúdico que traduza as artes e os saberes do circo optamos por usar maquetes.

 

cenografia

Direção de arte inspirada na luz prata da lua.
O cenário, contido e moderno,  apenas para organizar o numeroso coro e para refletir a luz.
Teatro São Pedro, direção de cena Ugo Georgetti,  regida pelo maestro Emiliano Patarra. Parceria com Olívia Sanches.

norma

norma_01

norma_03

norma_06

cenografia

Lounge do Festival de Cinema de Paulínia, 2010.
O lounge do festival prévia palco, sala de imprensa, área de convívio e bar.
Para separar os  imensos espaços do estudio da Quanta, em Paulínia, utilizamos sombrites tencionados nas estruturas aéreas do estudio.
Parceria com Carol Tonetti.

paulinia_01

paulinia_02

paulinia_03

lounge_paulinia_1

est_gde_2

 

cenografia

Uma grande tela de projeção organizou a circulação da feira do festival de cinema de Paulínia.
Para ampliar o espetáculo e a cenografia utilizamos jogos de espelhos.

Telas de construção foram utilizadas para demarcar os stands, além de ecológicas são transparentes.

grande tela
paulinia_1
reflexo
feira_de_paulinia_2

mtv
cenografia

Para ambientar o programa “tribunal de pequenas causas ” usamos superficies de fichários, CPUs, tapes cassetes misturadas com caixas de sons, skates e adereços adesivados.

4

1

2

cenografia

Projetado para atender as necessidades estruturais do vão do MASP, o lounge da 30º mostra é uma combinação de estrutura modular com
palco móvel encapada com sombrite.

2

3

4

 

cenografia

O espaço era um antigo cinema. Sem revestimento, todo de concreto; inóspito mas com uma beleza ímpar. O desafio: deixá-lo aparecer criando um
“lounge” aconchegante, que provocasse a interação dos diretores com a platéia, dos palestrantes com os ouvintes.

Mostra 2005 1
Mostra 2005 2
Mostra 2005 3

mostra 2005 5

 

cenografia

Tratamos o espaço como uma praça, a idéia primeira do espaço do cinema.

Mostra 2004 1

mostra 2004 8

Mostra 2004 4

cenografia

Ambientada na belíssima fábrica da Natura, o conceito de ambientação da festa Faces usou somente projeções para a criação dos cenários e comunicação da festa. Essa solução estética vestiu o lugar e valorizou a sua arquitetura, projetando imagens de mais de 30 metros de largura nas empenas de concreto aparente da fábrica.

Natura Faces 1

Natura Faces 2

Natura Faces 3